Adolescente de 15 anos morre sugado por tubulação de adutora na Bahia

Garoto nadava com um grupo de amigos em um reservatório de água da Embasa quando foi sugado por tubulação

Informações Correio24horas
Garoto morre sugado por adutora em Serrinha (Foto: Divulgação/Escola)
Garoto morre sugado por adutora em Serrinha
(Foto: Divulgação/Escola)
Um adolescente de 15 anos morreu afogado ao ser sugado por uma tubulação da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) enquanto nadava com um grupo de amigos em um reservatório de água, em Serrinha, nesta sexta-feira (3). 
O corpo de Renan Nunes só foi encontrado por volta das 12h deste sábado (4), segundo o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Serrinha. Renan e outros cinco adolescentes entraram na área restrita da adutora responsável pelo abastecimento dos municípios de Conceição do Coité e Retirolândia para nadar.
Renan foi puxado pela tubulação da adutora. Outros amigos ainda tentaram segurá-lo, mas o garoto acabou sendo sugado. A Embasa interrompeu o fornecimento de água na sexta-feira e acionou o Corpo de Bombeiros para iniciar as buscas pelo garoto.
Adolescente de 15 anos morre sugado por tubulação de adutora na Bahia (Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias)
Adolescente de 15 anos morre sugado por tubulação de adutora na Bahia (Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias)
O abastecimento foi interrompido nas cidades de Conceição do Coité e Retirolândia, que recebem água através da adutora onde o adolescente caiu. Em nota, a Embasa lamentou o acidente e informou que "se solidariza com os familiares".
O corpo do menino só foi encontrado no início da tarde deste sábado (4) e foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Feira de Santana. O corpo de Renan Nunes deve passar por perícia e depois liberado para a família. Não há informações sobre o sepultamento do menino.
Após a localização do corpo, a Embasa iniciou o processo de limpeza e descarga da adutora para retomar o abastecimento de água nas cidades afetadas.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário