Idoso planeja sequestro de ex-namorada de 22 anos para reconquistá-la

Ele foi preso pelo envolvimento no crime, depois de confessar que queria pagar resgate para ser "herói"

Informações Extra
Alcino, de 61 anos, sequestrou a namorada de 22 (Foto: Reprodução / Facebook)
A Polícia Civil do Pará divulgou, nesta segunda-feira, a prisão de um homem de 61 anos, suspeito de armar o sequestro da própria ex-namorada, de 22, na cidade de Tomé-Açu, no Pará, a cerca de 200 km da capital Belém. Alcino Andrade Filho foi detido depois de organizar todo o planejamento, com outros três amigos, de um sequestro relâmpago da companheira, que seria salva pelo próprio idoso, que sairia como herói na situação. A armadilha acabou sendo descoberta e os quatro suspeitos foram parar na delegacia.
Segundo a polícia, a ex-namorada de Alcino chegou a ser levada pelos amigos do idoso, na última quinta-feira. Os bandidos esperavam próximo à casa da vítima, durante a noite, e renderam a irmã dela primeiro, no momento em que chegava em casa. A ex-companheira do idoso foi levada para um sítio, onde ficou como refém por três dias.
Suspeitos presos (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Após a notícia do sequestro, a polícia ouviu testemunhas que disseram que a jovem não tinha mais interesse em se relacionar com Alcino. No decorrer das investigações, os agentes localizaram o idoso que confessou ter planejado o crime. Em seguida, foram localizados os outros criminosos, que estavam com a jovem em um local próximo à cidade de Ipixuna do Pará. Dois deles foram pegos quando tentavam fugir, em uma canoa. Com eles, policiais apreenderam uma arma caseira e uma lona que havia sido usada para cobrir o cativeiro.
Na delegacia, Alcino contou que decidiu forjar o sequestro da própria ex-namorada para reconquistá-la, já que o relacionamento passava por uma fase difícil e os dois estavam separados. Segundo ele, a mulher ainda o procurava, sem se identificar, e dizia a amigos que ainda gostava dele. A expectativa do suspeito era de que, se ele pagasse o valor do resgate (de cerca de R$ 50 mil), a jovem o aceitaria de volta. O idoso e os outros presos foram encaminhados para a cidade de Castanhal, onde estão recolhidos no presídio do Centro de Recuperação Regional de Castanhal (CRCast) à disposição da Justiça.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário