Fotógrafo vítima de acidente de avião na BA retorna à região da queda

Rezende sofreu acidente ao fotografar região de Barreiras, em julho de 2014.
Fotógrafo perdeu 60 cm do intestino no acidente e ficou 10 dias em coma.


Informações G1 BA
(Foto: Imagens TV Bahia)
Sete meses após ter sofrido um acidente de avião, quando fotografava uma plantação de algodão entre os municípios baianos de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, o fotógrafo Rui Rezende voltou ao oeste de estado, a fim de continuar o trabalho de registro das belezas naturais que compõem a paisagem da região.
"Eu acho que a minha missão é essa: é fotografar. Eu adoro fotografar e voar", confessa Rezende, que perdeu 60 cm do intestino e chegou a ficar dez dias em coma induzido após o acidente. Recuperado, mas com marcas de cirurgias espalhadas pelo corpo, ele voltou ao oeste do estado para fotografar a Cachoeira do Redondo, a 110 quilômetros de Barreiras.
Sobre o retorno ao trabalho, o fotógrafo disse que se sente vivo diante da natureza. "É um sentimento de que a gente está vivo. Então, acho que foi feito aí nisso [ no acidente] uma grande mensagem. Me coloco achando que estou no lugar certo, fazendo a coisa certa, que é fotografar para o mundo ver", conta.
Diante da Cahoeira do Redondo, além das imagens pessoais, Rui Rezende ministrou um curso de fotografia. "Trazendo esse curso para cá, ele mostrou o amor [em relação à profissão], e isso inspira bastante", disse uma das alunas, Anny Borges.
A irmã do fotógrafo, Iane Rezende, afirma que não existe limites para o irmão. "Da última vez que viemos aqui [no oeste da Bahia] teve uma situação bem complexa, que foi exatamente o acidente. Voltar, é muito emocionante", afirmou.
Alta médica
O fotógrafo Rui Rezende, uma das duas vítimas da queda de um avião experimental na divisa entre Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, deixou o Hospital São Rafael, em Salvador, no dia 3 de setembr de 2014.
Iane Rezende, irmã de Rui, brinca com ele no hospital (Foto: Iane Rezende/ Arquivo Pessoal)
Iane Rezende, irmã de Rui, brinca com ele no
hospital (Foto: Iane Rezende/ Arquivo Pessoal)
Rui chegou a ficar em coma induzido e retomou a consciência no dia 3 de agosto, 10 dias após a queda do avião. No dia 12 de agosto, ele enviou uma mensagem de voz através através de um aplicativo de celular para tranquilizar os amigos. No áudio, ele agradece ao carinho dos amigos e diz que logo estará bem para voltar ao trabalho
A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que a dupla realizava um voo panorâmico por cima de uma plantação de algodão, que seria fotografada por Rezende, quando caiu. Ainda não há informações sobre o que provocou o acidente.
Local onde caiu o avião com Rui Rezende, no oeste da Bahia (Foto: Sigi Vilares / Blog Sigi Vilares)
Local onde caiu o avião com Rui Rezende, no oeste da Bahia (Foto: Sigi Vilares / Blog Sigi Vilares)

Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário