Ônibus escolares são flagrados transportando turistas no Sul da Bahia

Os dois veículos realizava o transporte de forma irregular, já que os ônibus só poderiam ser utilizados por estudantes

Informações Correio24horas
Ônibus escolares são flagrados transportando turistas no Sul da Bahia (Foto: Divulgação/PRF)
Ônibus escolares são flagrados transportando turistas no Sul da Bahia (Foto: Divulgação/PRF)
Dois ônibus escolares da prefeitura de Guaratinga, no Sul da Bahia, foram flagrados transportando turistas ilegalmente pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) da região. O caso aconteceu durante a Operação Carnaval, quando um coletivo do Programa Caminhos da Escola, doado pelo Governo Federal à Guaratinga, foi abordado enquanto levava 30 pessoas, crianças e adultos, irregularmente. 

Os passageiros saíram de Guaratinga para fazer turismo em Porto Seguro na sexta-feira (13) de Carnaval, e foram flagrados pela PRF no retorno para a cidade de origem na noite da terça-feira (17).
Este tipo de transporte é proibido porque uma resolução do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação do Ministério da Educação determina que os veículos escolares devem ser usados única e exclusivamente para o transporte de estudantes para as escolas ou atividades extra-curriculares relacionadas ao calendário escolar. 
Os dois veículos realizava o transporte de forma irregular, já que os ônibus só poderiam ser utilizados por estudantes (Foto: Divulgação/PRF)
Os dois veículos realizava o transporte de forma irregular, já que os ônibus só poderiam ser utilizados por estudantes (Foto: Divulgação/PRF)
O veículo também estava com o licenciamento atrasado. Um outro ônibus escolar da mesma prefeitura, também do programa Caminhos da Escola, foi flagrado duas horas depois enquanto transportava ilegalmente 39 pessoas - entre elas idosos, crianças e adultos.
O grupo, que tinha participado de um retiro espiritual em Eunápolis a partir de 15 de fevereiro, retornava para Guaratinga. Nenhum dos veículos levava alguma documentação específica que justificasse a viagem com os passageiros.
Os documentos dos veículos foram encaminhados para o Ministério Público Federal, juntamente com a identificação dos condutores e passageiros, para que o órgão tome providências necessárias.  
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário