Tartaruga é achada por moradores e resgatada pelo Tamar em Itapuã

Animal foi localizado com vida perto de colônia de pescadores em Salvador.
Após resgate, tartaruga foi levada para centro de veterinária para exames.


Informações G1 BA
Tartaruga achada no bairro de Itapuã foi carregada com ajuda de moradores (Foto: Eric Miranda/G1 BA)
Tartaruga achada no bairro de Itapuã foi carregada com ajuda de moradores (Foto: Eric Miranda/G1 BA)
Moradores do bairro de Itapuã, em Salvador, encontraram uma tartaruga na tarde desta segunda-feira (19), nas proximidades da Colônia de Pescadores. O animal foi resgatado pouco antes das 14h e levado pelo por membros do Projeto Tamar, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).
De acordo com o órgão, o animal da espécie tartaruga verde foi encontrado com vida e levado para o centro de veterinária do instituto, localizado na Praia do Forte, em Mata de São João, Litoral Norte da Bahia.
Tartaruga achada no bairro de Itapuã, em Salvador (Foto: Eric Miranda/G1 BA)
Tartaruga achada no bairro de Itapuã, em Salvador
(Foto: Eric Miranda/G1 BA)
Enquanto aguardavam a chegada da equipe do Tamar, os moradores utilizaram baldes com água para tentar refrescar a tartaruga.
O Tamar ainda não sabe quanto mede e pesa a tartaruga, que precisou ser carregada por cerca de sete homens do local onde foi encontrada, na Rua K, nas proximidades do farol de Itapuã, até o veículo para ser transportada. No centro de veterinária, o animal vai passar por exames.
De acordo com o Tamar, a tartaruga verde, cujo nome científico é Chelonia mydas, também é conhecida como Aruanã e pode chegar a até 143 cm de comprimento e até 200kg. A espécie habita em águas costeiras com muita vegetação, ilhas ou baías onde estão protegidas, sendo raramente avistadas em alto-mar.
Sete homens ajudaram a carregar animal até veículo para ser transportada (Foto: Eric Miranda/G1 BA)
Sete homens ajudaram a carregar animal até veículo para ser transportada (Foto: Eric Miranda/G1 BA)

Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário