Itabela: PM é sequestrado e pula de carro em movimento para fugir de bandidos

O PM Nivaldo Carvalho contou que era por volta das 21h quando cinco homens armados se aproximaram e o renderam

InformaçõesCorreio24hs
Um cabo da Polícia Militar foi sequestrado por bandidos na noite de sábado quando chegava em casa na cidade de Itabela. O caso foi registrado na delegacia da cidade, que investiga o caso e já tem suspeitos pelo crime.

O PM Nivaldo Carvalho contou que era por volta das 21h quando cinco homens armados se aproximaram e o renderam. "Eles roubaram minha arma e me colocaram dentro do carro". Segundo o PM, a intenção dos bandidos era se afastar do centro da cidade para matá-lo. Ele disse que ouviu os bandidos discutindo onde matá-lo.
(Foto: Bahia Dia e Dia)
O policial, no entanto, tinha uma outra pistola consigo, sem o conhecimento dos bandidos. Desesperado e com certeza de que ia morrer, ele resolveu reagir, pulou do carro em movimento e trocou tiros com eles. "Os bandidos chegaram a disparar três tiros, mas nenhum pegou. Eu atirei também e baleei dois", afirmou ao Correio24horas.
Os bandidos fugiram levando o carro do PM, celular, a arma e cerca de R$ 2,5 mil do policial, que não ficou ferido. Ele acredita que o crime é represália por conta de sua ação contra o tráfico de drogas na região. Segundo o delegado José Hermano Costa, dois suspeitos já foram identificados, mas não é possível divulgar os nomes no momento. A polícia faz buscas na região.
O delegado explica que os suspeitos identificados são ligados ao tráfico de drogas e também suspeitos de homicídios. "Eles foram para matar. Quando estavam levando ele (o PM) foram dizendo que iam matar, que ele ia morrer", afirma. Os bandidos roubaram o carro Fox de um turista na BR-101 para chegar até a casa do PM. O dono do veículo tinha um dispositivo que corta o combustível do carro e o acionou. "O carro parou no meio da pista. Eles empurraram, jogaram na ribanceira e atearam fogo. Já era pertinho da casa do (cabo) Carvalho, eles ficaram esperando ele chegar", detalha. "Agora queremos prender os suspeitos para saber quem deu essa ordem de matar o policial. E se era esse policial ou qualquer policial".
O carro do PM, um Fiesta, foi achado queimado em uma estrada de terra perto de Guaratinga.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário