Governador eleito da Bahia toma posse nesta quinta-feira em Salvador

Candidato petista foi eleito no 2º turno, com 54,53% dos votos válidos.
Novo gestor já anunciou a equipe de secretários que atuará com ele.


Informações G1 BA
Após cerimônia, Rui Costa vai a Brasília acompanhar a posse da presidente Dilma (Foto: Evandro Veiga/Correio)
Após cerimônia, Rui Costa vai a Brasília acompanhar a posse da presidente Dilma (Foto: Evandro Veiga/Correio)
O governador eleito da Bahia, Rui Costa (PT), tomará posse do cargo em cerimônia marcada para começar às 8h desta quinta-feira (1º), na Assembleia Legislativa do Estado. Rui Costa foi eleito no segundo turno das eleições, com 54,53% dos votos válidos.
O novo gestor estadual, que é economista por formação, nasceu no bairro da Liberdade, em Salvador, no dia 18 de janeiro de 1963. Filho de metalúrgico e de uma dona de casa, chegou a concluir o curso de instrumentação da Escola Técnica Federal (hoje IFBA) e a cursar Ciências Sociais antes de migrar para economia, na Universidade Federal da Bahia (UFBA).
A vida política começou no Polo Petroquímico de Camaçari, na década de 1980, quando passou a frequentar assembleias de trabalhadores em crítica às condições da fábrica. Aos 22 anos, foi um dos líderes da greve que paralisou o Polo. Foi presidente do Sindiquímica e ajudou a fundar o Partido dos Trabalhadores (PT). Em 2000, foi eleito vereador pela capital baiana e reeleito em 2004. Entrou no governo de Jaques Wagner em 2007 como Secretário de Relações Institucionais. Em 2010, deixou o cargo para ser deputado federal. Dois anos depois assumiu o cargo de Secretário-Chefe da Casa Civil da Bahia, no segundo mandato de Jaques Wagner.
Em 16 de dezembro, pouco mais de dois meses após ser eleito, Rui Costa apresentou 14 dos 25 secretários que vão compor algumas pastas do governo do estado, sendo que seis deles permanecem nas mesmas secretarias. Três dias depois, o governador eleito anunciou os outros 11 nomes que comandarão as secretarias estaduais.
Sobre a equipe formada, Rui Costa afirmou que todos os escolhidos trabalharão em conjunto. "Neste governo não teremos ilhas. Todos os secretários trabalharão em equipe. Faremos ainda um governo de forte parceria com o município", disse.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário