Garimpeiro é preso por extraviar e fornecer explosivos a quadrilhas de assalto a bancos

Lote com onze bananas de dinamite foi encontrado dentro de imóvel no município de Pindobaçu

Informações Correio24hs
Foto: Divulgação/ Polícia Civil
Um homem foi preso por suspeita de desviar um lote com onze bananas de dinamite de um garimpo no município de Pindobaçu, distante 390 quilômetros de Salvador. A prisão aconteceu na quinta-feira (15), quando  investigadores da 19ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Senhor do Bonfim) cumpriram um mandado de busca e apreensão em um imóvel do município.
De acordo com a polícia, o garimpeiro  Sílvio Alves de Santana, 35 anos, é suspeito  de fornecer explosivos para quadrilhas envolvidas em assaltos a agências bancárias na região.
Segundo a delegada Maria Elisa Patriota, que comandou a operação, o material tem sido  utilizado em assaltos a banco registrados recentemente em cidades vizinhas. “Com a apreensão conseguimos frustrar, pelo menos, onze novas ações criminosas”, salientou.
Sílvio foi autuado em flagrante com base no Artigo 16 do Estatuto do Desarmamento pela posse ilegal de explosivos e ficará custodiado na carceragem da 19ª Coorpin/Senhor do Bonfim, à disposição da Justiça. As investigações devem prosseguir para identificar outros fornecedores de explosivos e integrantes de quadrilhas de assalto a banco. 
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário