PM que agrediu testemunha e baleou vendedor durante abordagem é afastado

O policial aparece nas imagens de um cinegrafista amador agredindo uma testemunha após abordagem desastrosa

Informações Correio24hs
Saulo foi baleado na perna durante ação policial  (Foto: Reprodução)
Saulo foi baleado na perna durante ação policial  (Foto: Reprodução)
Um dos PMs envolvidos na abordagem mal-sucedida que terminou com um homem baleado, na sexta-feira, em Lauro de Freitas, foi afastado das atividades de rua, informou, na segunda-feira (24), a assessoria da Polícia Militar.  


Em nota, a corporação diz que o policial que aparece nas imagens de um cinegrafista amador agredindo uma testemunha vai desenvolver apenas atividades administrativas até a conclusão da investigação.
Outro policial do Pelotão de Emprego Tático Operacional (Peto/52ª CIPM), apontado como autor do disparo contra o vendedor Saulo Emerson Cunha, 29 anos, foi ouvido, ontem à noite, na sede do Comando da PM.
“A depender das suas declarações, o comandante da Unidade deliberará sobre o seu emprego”, disse a assessoria na noite da segunda-feira (24). Ambas as situações serão alvo de um Inquérito Policial Militar instaurado pela Corregedoria Geral da PM.
Assista abaixo ao vídeo gravado por testemunhas
Os policiais alegaram que a vítima não obedeceu a ordem para parar o veículo e que o disparo foi acidental. Saulo, no entanto, afirmou que os militares não esperaram ele encostar a motocicleta. Uma mulher que filmava a situação foi abordada por um PM, que tomou seu celular para apagar a gravação. Indignado, o corretor de imóveis Alan Oliveira de Souza tentou reaver o aparelho.
Ao correr, acabou alcançado e agredido, como mostram imagens de outro cinegrafista amador. O corretor chegou a ser levado para a delegacia, acusado de desacato, mas foi liberado. O advogado de Samuel, Rodrigo Barbosa, disse que já denunciou os PMs ao Ministério Público e à própria Corregedoria.
O vendedor teve a tíbia fraturada e passou por cirurgia. Segundo o delegado Joelson Reis, da 23ª DT, o celular foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica para que as imagens apagadas sejam recuperadas.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário