De acordo com pesquisa, fofocar faz bem para autoestima

De acordo com pesquisa holandesa, fofocar ajudar aprimorar as próprias capacidades


Informações iBahia

Segundo uma pesquisa holandesa, contar uma fofoca de vez em quando faz bem para uma pessoa, além de ser um ótimo jeito de começar uma amizade, fofocar faz bem à autoestima. Desde que você não seja o alvo das fofocas, claro.

A pesquisa foi descoberta por pesquisadores holandeses que entrevistaram um grupo de pessoas para saber como elas reagiam às fofocas. As fofocas positivas sobre outras pessoas costumavam fazer muito bem aos ouvintes: eles tendiam a se sentir mais capazes de aprimorar as próprias capacidades. Quando o comentário era negativo, os voluntários relatavam que se sentiam mais confiantes para falar de si e causar uma boa impressão.

De acordo com a pesquisa, escutar histórias positivas sobre outras pessoas pode ser informativa, já que elas sugerem caminhos para você mesmo progredir. Já escutar uma fofoca negativa, pode fazer com que você se sinta lisonjeado, porque isso sugere que os outros podem ser piores do que nós.

Porém lembre-se, um ambiente repleto de fofoca não faz bem a ninguém. Só serve para criar conflitos e insegurança. Mas uma fofoquinha assim de leve, um desabafo com o mais chegado do escritório, está liberado.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário