Grupo invade câmara municipal e ameaça vereadores na Bahia

Manifestantes dizem que edis dificultam repasse de verba.
Caso ocorreu em Muquém do São Francisco, a 700 km de Salvador.


Informações G1 BA
Grupo na entrada da câmara municipal da cidade (Foto: Blog do Sigi Vilares)
Grupo na entrada da câmara municipal da cidade (Foto: Blog do Sigi Vilares)
Moradores da cidade de Muquém do São Francisco, localizada a cerca de 700 km de Salvador, invadiram a câmera municipal da cidade, durante a realização de uma sessão, e ameaçaram vereadores, na manhã desta sexta-feira (17). As informações são da 28ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM).
Segundo a polícia, os manifestantes alegaram que os edis estão dificultando o repasse de verbas para o município.
Confusão se transformou que quebra-quebra (Foto: Blog do Sigi Vilares)
Confusão se transformou que quebra-quebra
(Foto: Blog do Sigi Vilares)
Em entrevista ao G1, Marcio Mariano, prefeito do município, afirmou que o grupo era cokmposto por professores. O gestor municipal ainda confirmou a versão dos manifestantes. “Essa já é uma situação bem antiga. Os vereadores me deram apenas 5% do orçamento para suplementação, quando o normal seria 100%”, afirma. “Tenho recursos na conta do município, mas o dinheiro não pode ser usado para fazer o pagamento dos professores e nem do funcionalismo, já que os vereadores não aprovam. Pra usar esses recursos eu preciso autorização da câmara”, completa.
Os professores chegaram na câmara durante a sessão e pediram para que fosse votada a suplementação, com a finalidade de garantir o pagamento dos profissionais até o final do ano, mas s vereadores teriam se recusado.
Revoltados, os manifestantes quebraram cadeiras e mesas. Com medo, muitos vereadores fugiram do local. A confusão só foi contida com a chegada da polícia, que usou spray de pimenta pra conter os ânimos.
G1 tentou contato com a Câmara de vereadores da cidade, mas, até a publicação desta reportagem,, não havia obtido êxito.
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário