Idoso é preso após embriagar e abusar de rapaz de 17 anos em Feira de Santana

A vítima, que viajava sozinha, é de Rondônia e passou por seis estados antes de chegar no município baiano

Informações Correio24hs

Um idoso foi preso na última quarta-feira (24) na cidade de Feira de Santana acusado de embriagar e estuprar um adolescente de 17 anos. Elmo da Cruz Dórea, 60, é residente do bairro Eucalipto e foi autuado em flagrante pela polícia após a vítima denunciá-lo ao conseguir fugir da residência do acusado. 
Segundo a delegada Klaudine Passos, da Delegacia para o Adolescente Intrafor de Feira de Santana (DAI), a vítima veio de Rondônia e passou por seis estados antes de chegar no município baiano. “Ele (o menor) nos informou que pegou uma carona até Feira de Santana. Ao chegar aqui, parou na Praça Getúlio Vargas, onde ficou parado pensando em qual destino tomar. Foi nesse momento que o acusado se aproximou dele”, contou. 
Ainda de acordo com a delegada, o adolescente contou que o idoso teria se interessado por sua história e o convidou para sua casa após o rapaz ter dito que estava com fome.  Nesse momento, Dórea chamou um táxi e levou o adolescente para a sua residência. 
À polícia, o adolescente disse que acompanhou o idoso porque estava com fome, e que este teria oferecido comida. Ao chegar na residência, a vítima perguntou se tinha refrigerante, mas o acusado disse que só tinha vinho. Ambos comeram uma pizza e tomaram o vinho. Foi nesse momento que Dórea propôs que o menor fizesse sexo com ele. O adolescente não concordou, entrou em luta corporal e conseguiu fugir e chamar a polícia. O ato sexual não chegou a ser consumado, mas por se tratar de um menor de 18 anos, a tentativa já é considerada estupro, segundo a lei 12.015/ 2009. 
(Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)
Na delegacia, o acusado alegou que sofreu uma tentativa de assalto, hipótese descartada pela polícia, já que nenhum pertence foi levado do local e que o próprio Dórea levou a vítima para a sua casa. 
Sobre o fato de viajar sozinho, o adolescente disse que possuía autorização da família, mas nenhum documento foi encontrado pela delegada responsável pelo caso autorizando as viagens. A delegada encaminhou a vítima para o Conselho Tutelar da cidade, que ficou responsável de cuidar do retorno do adolescente para a cidade onde mora a família. 
De acordo com a delegada, outras denúncias já tinham chegado pelo Disk 100 de que a casa de Dórea era muito frequentada por adolescentes. O acusado foi encaminhado ainda na quarta-feira para o Conjunto Penal de Feira de Santana, onde aguarda decisão da Justiça. 
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário