Após coma e 40 dias internado, fotógrafo Rui Rezende deixa hospital

Rezende estava internado no Hospital São Rafael, na capital baiana.
Ele e a piloto Ana Maira foram vítimas da queda de um avião no oeste.


(Foto: Reprodução/Imagem G1
O fotógrafo Rui Rezende, uma das duas vítimas da queda de um avião experimental na divisa entre Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, deixou o Hospital São Rafael, em Salvador, na manhã desta quarta-feira (3). 
O acidente ocorreu no dia 24 de julho e a piloto do avião, Ana Maira Moraes, permanece internada no Hospital do Subúrbio. A unidade informou nesta quarta-feira que ela está estável, na enfermaria, e não há previsão de alta.
Iane Rezende, irmã de Rui, brinca com ele no quarto do hospital (Foto: Iane Rezende/ Arquivo Pessoal)
Iane Rezende, irmã de Rui, brinca com ele no quarto
do hospital (Foto: Iane Rezende/ Arquivo Pessoal)
Segundo Iane Rezende, Rui foi levado para casa e irá passar por fisioterapia. Não há previsão de quando ele retornará ao trabalho. 
Rui chegou a ficar em coma induzido e retomou a consciência no dia 3 de agosto, 10 dias após a queda do avião. No dia 12 de agosto, ele enviou uma mensagem de voz através através de um aplicativo de celular para tranquilizar os amigos. No áudio, ele agradece ao carinho dos amigos e diz que logo estará bem para voltar ao trabalho
A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que a dupla realizava um voo panorâmico por cima de uma plantação de algodão, que seria fotografada por Rezende, quando caiu. Ainda não há informações sobre o que provocou o acidente. Informações G1 BA
Local onde caiu o avião com Rui Rezende, no oeste da Bahia (Foto: Sigi Vilares / Blog Sigi Vilares)
Local onde caiu o avião com Rui Rezende, no oeste da Bahia (Foto: Sigi Vilares / Blog Sigi Vilares)

Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário