Três candidatos têm candidaturas negadas pela Lei da Ficha Limpa

Dos 1.100 pedidos, 1.052 foram julgados até a tarde desta quarta-feira (20).
Candidatos pleiteiam vagas de deputados; cabe recurso na Justiça Eleitoral.


Dos 1.100 pedidos de candidatura na Bahia para as eleições 2014, 1.052 foram julgados até a tarde desta quarta-feira (20), segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA). Do total, três dos pedidos de candidaturas foram negados por meio da Lei da Ficha Limpa. As ações ainda cabem recurso.
Segundo o TRE-BA, conforme decisão dos juízes que julgaram os pedidos, estão inelegíveis Silvio Ataliba (PT), que tenta ser deputado estadual; além de José Carlos de Jesus Rodrigues (PRB) e Adalberto Lelis Filho (PMDB), que pediram candidatura para o cargo de deputado federal.
De acordo com o TRE-BA, Silvio Ataliba foi prefeito do município de Maragogipe por dois mandatos consecutivos (2004 a 2012) e teve contas de gestão de 2011 desaprovadas pela Câmara Municipal. Por meio de nota, o TRE diz que suspeitas de irregularidades em gastos de licitações na gestão do prefeito teriam onerado em mais de R$ 730 mil reais os cofres da cidade.
Ainda de acordo com o TRE, os recursos teriam sido aplicados em aquisição de lanches, almoços, doces para evento, dentre outros custos decorrentes de eventos promovidos pelas secretarias do município. No ato do registro da candidatura, o candidato teria deixado ainda de assinar a declaração de bens, um dos requisitos legais para o deferimento.
O candidato José Carlos de Jesus Rodrigues, que é conhecido como Zé Carlos da Pesca,  teve as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-BA) por suspeitas de irregularidades na gestão de recursos estaduais quando estava à frente da Federação dos Pescadores do Estado da Bahia (FEPESBA).
O TCE-BA teria considerado irregular a contratação de uma empresa arquitetônica feita pelo gestor a preços superiores aos propostos por outros concorrentes, resultando em um débito de cerca de R$ 68 mil, além de multa no valor de R$1 mil. O candidato Adalberto Lelis Filho (PMDB) teve o pedido de candidatura negado, mas os detalhes do julgamento ainda não foram divulgados.
Fora as três negativas de candidaturas, por meio da Lei da Ficha Limpa, até a terça-feira (19) 781 pedidos foram deferidos, 13 foram deferidos com recurso, 88 foram indeferidos e 82 foram indeferidos com recurso. Além disso, 24 candidatos renunciaram aos pedidos. Informações G1 BA

Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário