Passageiro é morto e outro fica ferido em assalto a ônibus no Oeste baiano

Após anunciarem o assalto, os criminosos foram surpreendidos pela presença de um PM que também viajava no coletivo e reagiu


Dois passageiros de um ônibus interestadual foram baleados durante um assalto na madrugada desta quinta-feira (28). Um deles morreu durante a ação. O crime aconteceu por volta da 1h, na altura do quilômetro 140 da BR-020, entre o povoado de Roda Velha e a cidade de Luís Eduardo Magalhães.

De acordo com o titular da 1ª Delegacia Territorial (DT) de Barreiras, o delegado Francisco de Sá, o ônibus da empresa Guanabara, que fazia a linha Goiãnia-Sobral, foi abordado por um grupo de quatro homens. "Eles estavam armados e mandaram o veículo parar. Dois entraram no ônibus, enquanto os outros dois ficaram dentro de um veículo de cor escura, do tipo Gol ou Palio", conta.
Ônibus interestadual da empresa Guanabara foi assaltada na madrugada de hoje (Foto: Blog do Braga)
Ônibus interestadual da empresa Guanabara foi assaltada na madrugada de hoje (Foto: Blog do Braga)
Ao entrar no veículo e anunciar o assalto, a dupla não esperava que um dos 32 passageiros que viajavam no ônibus fosse o policial militar Anivo Ferreira, que atua na 30ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) da cidade de Santa Maria da Vitória, no oeste baiano. "Ele estava fardado, sentado na última cadeira, e reagiu à abordagem dos criminosos. Eles então começaram a trocar tiros", relata o delegado Francisco. 
Durante o tiroteio, um homem de 35 anos que estava na cadeira de número 28 foi baleado três vezes. Antônio Carlos Nunes Osório foi atingido no abdômen e não resistiu aos ferimentos, morrendo no local. Outro passageiro, identificado como José Miterrand Barros Pereira, foi alvejado na mão direita.
Ele viajava na cadeira de número 2. Após a troca de tiros, a dupla fugiu e ainda atirou diversas vezes contra o coletivo. José Miterrand foi socorrido para o Hospital do Oeste, em Barreiras. O corpo de Antônio Carlos foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) da região.
Os criminosos, que não ficaram feridos durante a troca de tiros, ainda não foram identificados. Eles estão foragidos, e o caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Barreiras. Informações Correio24hs
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário