'Madrugada de terror', diz policial após explosão de agências na Bahia

Posto bancário ficou destruído; unidade dos Correios ficou danificada.
Registro foi feito na madrugada desta quinta-feira (21), em Nova Itarana.


Após explosão, agência do Bradesco ficou completamente destruída (Foto: Jair Medrado/ site: Binho Locutor)
Após explosão, agência do Bradesco ficou completamente destruída (Foto: Jair Medrado/ site: Binho Locutor)

Cerca de seis homens armados e encapuzados explodiram com dinamites um posto de atendimento do Bradesco e parte da uma agência dos Correios, ambos localizados na cidade de Nova Itarana, região centro sul da Bahia, a cerca de 270 km de Salvador. A ação ocorreu na madrugada desta quinta-feira (21).
De acordo com informações da Delegacia Territorial da cidade, os suspeitos chegaram em uma caminhonete e se distribuíram pelas duas agências. Inicialmente, ainda de acordo com a polícia, os bandidos arrombaram as portas dos Correios e colocaram explosivos na área de localização do cofre.
Segundo o escrivão da delegacia, a primeira explosão foi registrada no posto do Bradesco, destruindo completamente a unidade e o único caixa eletrônico do local.
Após cerca de dois minutos, ocorreu a explosão na unidade dos Correios, mas não foi suficiente para abrir o cofre. "Foi uma madrugada de terror", relatou o escrivão. A polícia também informou que, após o crime, os suspeitos, que conseguiram levar o dinheiro do posto bancário, fugiram atirando pela cidade.
Moradores rendidos
Duas horas após o atentado, ainda segundo o escrivão, um veículo com cerca de sete homens, também armados e encapuzados, renderam moradores da cidade, colocando-os no chão e, em seguida, fugiram. Ninguém ficou ferido. A polícia não soube informar se os suspeitos tinham relação com o atentado ocorrido no posto de atendimento do Bradesco. Até a publicação desta reportagem, nenhum dos bandidos havia sido preso. Informações G1 BA
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário