Em entrevista, Paulo Souto alfineta petistas e promete forte mudança na saúde e segurança

Candidato a governador da Bahia foi o segundo entrevistado pelo jornal BATV da Rede Bahia.


O candidato do Democratas (DEM) ao governo da Bahia, Paulo Souto, criticou o governo do então governador Jaques Wagner (PT) nos últimos oito anos, em entrevista concedida nesta terça-feira (19), ao telejornal BATV, da Rede Bahia, em Salvador. O candidato foi o segundo na série de entrevistas que começou na segunda-feira (18), com o candidato Rui Costa (PT).
Quando perguntado sobre o que o levava a acreditar que os eleitores devem escolher o candidato nas eleições deste ano, mesmo sendo derrotado de forma inesperada nas disputas de 2006 e 2010, o candidato foi esperançoso ao afirmar que se sente acolhido pelo povo baiano.

“Sim, sobretudo devido ao  acolhimento que nós estamos recebendo de uma parte da população baiana que demonstra que quer mudança para a Bahia". "Existe um sentimento de exaustão com os petistas, que não conseguiram resolver os problemas básicos, principalmente os problemas da segurança publica e saúde e os desencontros que estamos tendo na questão da educação.”, disse o candidato.
Candidato a governador da Bahia, Paulo Souto foi o entrevistado desta terça-feira (19) no BATV. (Foto? Divulgação)

Os apresentadores do telejornal questionaram ao candidato sobre a falta de apoio à sua campanha por parte dos prefeitos de cidades do interior. Quanto a isso o candidato afirmou que acredita na aliança forte firmada entre os partidos que o apoiam.“O que importa é a forte aliança que foi feita na Bahia. Um apoio inédito e que é fundamental. Vamos continuar defendendo isso.  O que há é um sentimento da população que quer essa mudança na Bahia, e vemos isso não só pelas pesquisas, mas pelo sentimento das pessoas.”

Quando perguntado sobre as críticas que recebeu por não ter investido adequadamente na saúde, causando a uma migração de pacientes do interior para a capital em busca de atendimento,  o candidato afirmou que no seu governo "foram construidas a maternidade José Maria Magalhães no Pau Miúdo; o Instituo do Coração e deixamos dois hospitais prontos em Irecê e Juazeiro." 

Para finalizar o candidato se despediu mais uma vez criticando a atuação da atual gestão e otimista de que a mudança é possível. "Quero acreditar na nossa capacidade de recompor nossos serviços públicos na saúde de na segurança publica.", concluiu. 
Informações iBahia
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário