Dono de bar é morto a tiros ao tentar impedir assalto da filha em Camaçari

Menina chegava do colégio com celular quando foi atacada por 2 homens.
Vítima jogou cadeira para impedir roubo; crime ocorreu na quinta-feira.


O dono de um bar foi morto a tiros ao tentar impedir que a filha fosse assaltada por dois suspeitos na noite de quinta-feira (28), no bairro Gleba E, em Camaçari, na região metropolitana de Salvador. Segundo informações de Adalberto Piton, comandante do 12ª BPM, a filha da vítima chegava da escola quando foi abordada pelos suspeitos em uma moto, que tentaram roubar o celular dela, em frente ao estabelecimento.
De acordo com o 12º Batalhão da Polícia Militar (BPM), o dono do bar jogou uma cadeira na direção dos dois homens para tentar impedir o roubo, quando foi atingido. Após o crime, o comerciante chegou a ser socorrido para o Hospital Geral de Camaçari, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com a PM, a menina não ficou ferida.
As informações sobre o enterro da vítima e se os pertences da jovem foram levados ainda são desconhecidas. Até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso. Informações G1 BA
Compartilhar Google Plus

Caixa de comentários

0 Comentários:

Postar um comentário